Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Notícias

Bebida probiótica reduz diarreia associada a antibióticos

Pesquisadores alemães investigaram o efeito de duas bebidas probióticas comerciais contendo Lactobacilos durante o tratamento com antibióticos e demonstraram que a bebida que contém Lactobacillus casei defensis DN-114001 foi eficaz no tratamento da diarreia associada a antibióticos (DAA).
.
Em um estudo observacional, os pesquisadores analisaram a frequência de evacuações de 258 pacientes com infecções em um hospital de cuidados primários de saúde na Alemanha. Os pacientes foram divididos em dois grupos. Para um dos grupos (grupo probiótico; n=107) foi oferecido um probiótico com pelo menos 10 bilhões de culturas ativas de Lactobacillus casei defensis DN 114001. Os participantes deveriam consumir o produto duas vezes por dia durante a duração do tratamento com antibiótico, ao longo de um período de 3 meses. O outro grupo (controle; n=151) foi tratado tradicionalmente, sem nenhum probiótico. Além de avaliar a incidência de diarreia durante o tratamento com antibióticos, o estudo fez uma análise econômica, na qual comparou o custo de isolamento versus a ingestão preventiva de probióticos.
.
Os resultados demonstraram que a incidência de diarreia associada a antibióticos foi significativamente reduzida no grupo de probiótico (6,5% versus 28,4%), e a duração da DAA foi significativamente mais curta também nesse grupo (1,7 ± 1,1 dias versus 3,1 ± 2,1 dias). A análise econômica mostrou uma vantagem de custo de quase 60 mil euros/ano no tratamento com probióticos em relação ao tratamento tradicional.
.
Em um segundo estudo piloto, randomizado controlado, o efeito sobre a DAA de duas bebidas probióticas comercialmente disponíveis com diferentes espécies de Lactobacillus casei (Lactobacillus casei Shirota e Lactobacillus casei defensis DN-114001) foram diretamente comparadas em 60 pacientes. Os pacientes foram divididos igualmente em dois grupos que receberam uma ou outra bebida probiótica, duas vezes por dia.
.
Os resultados do segundo estudo demonstraram diferenças significativas na frequência de diarreia entre os dois grupos. A frequência de DAA no grupo Lactobacillus casei defensis DN-114001 foi semelhante a do primeiro estudo (6,7%), ao passo que a presença de DAA foi muito maior no grupo Lactobacillus casei Shirota (33,3%), semelhante aos resultados do grupo de controle do primeiro estudo (p = 0,021). A duração da diarreia foi claramente menor no Grupo Lactobacillus casei defensis DN-114001 (2,5 ± 0,7 vs 4,4 ± 2,5), embora essa diferença não atingiu significância. Os únicos casos de infecção por C. difficile ocorreram no grupo Lactobacillus casei Shirota (3 casos, 10% de todos os pacientes deste grupo)
.
Diante dos resultados dos dois estudos, os autores concluem que o consumo preventivo de uma bebida probiótica que contém Lactobacillus casei defensis DN 114001 reduz a prevalência de DAA e é custo-efetiva em relação à bebida que contém Lactobacillus casei Shirota e em relação ao tratamento tradicional.
.
Referência
Dietrich CG, Kottmann T, Alavi M. Commercially available probiotic drinks containing Lactobacillus casei DN-114001 reduce antibiotic-associated diarrhea. World J Gastroenterol. 2014;20(42):15837-44.
.
FONTE: Nutritotal