Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Notícias

Pirâmide alimentar é substituída por prato nos EUA

  • 6 de junho de 2011
  • crn1

 No dia 2 de junho, a primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, apresentou as novas recomendações nutricionais do governo americano, que substituíram a tradicional representação gráfica de uma pirâmide por um prato.
   A nova representação, chamada de “MyPlate”, divide um prato em quatro porções: uma de fruta, outra de vegetais, uma terceira de proteínas e a quarta de cereais integrais. Além disso, ao desenho é acrescentado um copo, que representa os laticínios.
   A antiga imagem, “Pirâmide de Nutrição”, representava os grupos alimentares em forma triangular. Os alimentos que deviam ser ingeridos em maior quantidade se encontravam em sua base, enquanto aqueles que deviam ser consumidos moderadamente ficavam no topo.

   Segundo o Departamento de Agricultura, a pirâmide “estava fora de moda e era muito complicada” para os cidadãos, que reclamavam de receber informação contraditória, mas ela continuará disponível para os profissionais da área de saúde.
   Juntamente com a nova representação gráfica foram nomeadas dez dicas para um bom prato. São elas:
1. Ingira somente a quantidade de calorias suficiente para o seu dia-a-dia.
2. Tenha prazer na hora da refeição e não coma rápido, assim você comerá menos.
3. Utilize nas refeições pratos pequenos, assim você não irá exagerar na porção. E quando comer forar de casa sempre peça a menor porção.
4. Inclua com maior frequência na alimentação diária os seguintes itens: vegetais, frutas, grãos integrais, leite desnatado e seus derivados.
5. Metade do seu prato deve ser de frutas e vegetais.
6. Substitua o leite integral pelo leite desnatado.
7. Aumente o consumo de grãos integrais (por exemplo, substitua arroz branco e pão branco por integrais).
8. Diminua a quantidade de gorduras, sal e açúcares do seu dia-a-dia. Deixe somente para ocasiões especiais alimentos como, bolos, biscoitos, sorvetes, balas, pizzas, refrigerantes …
9. Reduza o sal da dieta. Comece a reparar nos rótulos dos alimentos (principalmente de sopas, comidas congeladas e pães) e dê preferência para aqueles alimentos que tenham escrito na embalagem “baixa quantidade de sódio”, “teor reduzido de sódio” ou “sem adição de sal”.
10. Beba água ao invés de “bebidas açucaradas”, tais como refrigerantes, bebidas energéticas e esportivas.
Será que esta nova representação gráfica irá “pegar” aqui no Brasil??