Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content

Notícias

Suplementação de vitamina A no Brasil Carinhoso

  • 12 de novembro de 2012
  • crn1

A Ação Brasil Carinhoso faz parte do Programa Brasil Sem Miséria que objetiva o combate à pobreza absoluta na primeira infância.
Com o Brasil Carinhoso, o Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A, implementado nos municípios da Região Nordeste desde a década de 80, foi ampliado a todos os municípios da Região Norte, os municípios do Brasil Sem Miséria localizados nas Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e os Distritos Sanitários Especiais Indígenas. No total estão sendo envolvidos 3.034 municípios (2.052 municípios já participantes, mais 397 municípios da região Norte e 585 municípios prioritários do Plano Brasil Sem Miséria das Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste).
Em 2012 foi feita uma ampla mobilização nacional para administração de megadoses durante a campanha de vacinação de agosto. Os Estados que passaram a fazer parte do programa reuniram esforços na capacitação dos profissionais envolvidos com a ação e no planejamento da operacionalização local, com a definição das estratégias de captação das crianças, administração da megadose, monitoramento do processo e registro das informações na caderneta de saúde da criança e no Sistema de Gestão do Programa ( disponível no site da CGAN – www.saude.gov.br/nutricao ).
A meta em 2012 é reforçar o compromisso assumido pelo setor saúde com o fortalecimento e ampliação do programa nos 3.034 municípios prioritários. Assim, verifique se o seu município faz parte da mobilização da Ação Brasil Carinhoso, incentive o seu município realizar a suplementação de crianças com vitamina A e a registrar o monitoramento no Sistema de Gestão do programa. Em caso de dúvidas, entre em contato com a área técnica responsável pelas ações de alimentação e nutrição da Secretaria Estadual de Saúde, envie e-mail para cgan@saude.gov.brou ligue para o Suporte Técnico do Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A, telefones (61) 3315-9024/9011.
 
Fonte: Ministério da Saúde